Notícias

Compartilhe:

Qual é a sua moto?

Qual é a sua moto?

Segundo dados, venda de motos usadas e seminovas registraram uma queda de 7,55% em Junho

Imagem retirada de http://www.autoinforme.com.br/wp-content/uploads/2015/07/moto_concessionarias-de-motos.jpeg Imagem retirada de http://www.autoinforme.com.br/wp-content/uploads/2015/07/moto_concessionarias-de-motos.jpeg

Os dados recentes do setor de veículos divulgados pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) mostram que em Junho houve queda nas vendas de motos usadas e seminovas. Ao contrário do mercado de carros que vem apresentando alta nas vendas nos últimos meses.

A redução nas vendas de motos é reflexo direto das altas taxas de desemprego e do difícil acesso ao crédito, os bancos estão restringindo os financiamentos e estreitando os critérios para ter certeza que o comprador terá a capacidade de arcar com os compromissos de pagamento e evitar prejuízo por inadimplência.

Com relação ao mês de junho do ano passado, onde foram vendidas quase 81 mil motos, a queda foi pouco mais de 11%. A diminuição das vendas do setor de motos em Junho chegou a 9,77% na comparação com o mês de Maio, foram comercializadas 7.770 motos a menos.

Nos primeiros seis meses deste ano as vendas foram de pouco mais de 427 mil unidades, o decréscimo foi de 21,9% em comparação com primeiro semestre de 2016, nesse período as vendas foram de pouco mais de 547 mil unidades. A Fenabrave revisou as projeções do mercado de motos, e estima que o setor deva chegar a 13,5% de redução das vendas.

Motos usadas
E no mercado de motos usadas e seminovas, as vendas também caíram muito em Junho chegando ao percentual de 7,55 na comparação com o mês anterior. O número de vendas foi 20.036 mil unidades a menos em relação ao mês de Maio, onde foram comercializadas 265.314 motos.

O número fica positivo quando comparado com mesmo mês de Junho do ano passado, o aumento foi 8,5%, naquele mês foram vendidas pouco mais de 226 mil unidades, contra 245.278 de Junho deste ano. Até o momento o total das vendas de motocicletas usadas e seminovas este ano chega quase a um milhão e quatrocentas mil unidades. Isso é um crescimento de quase 5% comparado ao mesmo período de 2016.

Apesar de todos os benefícios da se ter uma moto, os números são fracos e reflete a nova realidade do nosso país. Mesmo com redução da inflação e diminuição da taxa básica de juros para 10,25%, está difícil uma recuperação do setor em curto prazo. Os economistas afirmam que o país ainda demorará em sair da recessão. A economia tem demonstrado um crescimento ainda é modesto, mas já aponta melhoras para o futuro.

Para quem procura comprar motos usadas em Curitiba, existem sites na internet que são ferramentas excelentes na hora de pesquisar a moto ideal. O Chaves na Mão é um exemplo portal de classificados online de Curitiba que exibe anúncios de imóveis, carros e motos, que pode auxiliar quem procura um veículo com tranquilidade no conforto de sua casa, algo que caiba no bolso e esteja de acordo com as expectativas. Este site oferece diversos outros serviços.

fonte: Exame.com